o mar do poeta

o mar do poeta

o mar do poeta

o mar do poeta

quinta-feira, março 17

COMIDAS EM BANGKRUT


Na primeira noite saímos para jantar e o restaurante escolhido foi este o Raad Naa Sea Food



Um carangueijo de caril, totalmente diferente dos que já tinha comido, a apresentação não é famosa, mas seu sabor era óptimo.

Uma sopa bem picante

Carne de porco com alho.

Um prato caju frito, com ananaz e picante

Um prato de peixe que estava divinal

A fruta foi oferta do restaurante, neste caso foi uma melancia.


O articulista, sua esposa e uma das suas filhas, a cerveja saiu mais barata que em muitos restaurantes em Bangkok, ficou apenas por 70 baths.
Este jantar incluindo uma cerveja de 0,75, uma sprite das grandes, água e café ficou apenas por 820 Baths o que dá à volta de 20 euros.

No dia seguinte, depois de termos visitado o mosteiro, sito no cimo da montanha, compramos lulas, carangueijos, camarões e frago assado, sendo esse o nosso almoço que foi tomado no resort como se pode ver nas fotos a seguir


Lulas, carangeuijos e camarões por nós escolhidos e assados no momento

O frango estava óptimo e em nada ficava atrás dos que os vendidos em Portugal


J+a no resort o articulista e família se deliciou com estes apetites

E como sempre bem regados com uma boa cerveja


Dois camaróes colocados desta forma, são um coração perfeito....



O jantar também foi tomado no resorte, o articulista como estava empanturrado nada comeu, bebeu sim apenas um café para desempanturrar, mas o resto da familia comeu e bem, a cozinheira do resorte era de primeira e a comida escolhida, tailandesa, foi do agrado total das senhoras.

3 comentários:

Catarina disse...

Também aprecio bastante a comida tailandesa. Isso é que foram férias! Que bom!

Jose Martins disse...

Caro amigo Cambeta,
Grande reportagem!
Muito bonito! Gostei
Abraço

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Amiga Catarina,
Eu, desde 1992 que ando de férias, conheço quase todos os locais da Tailândia, e aprecio algumas comidas tailandesas, mas não abuso do picante.
Amigo Zé, fora de Bangkok come-se muito melhor e os preços são mais em conta.